19 de dez de 2011

Evite acidentes com as crianças em época de férias


Vigilância Constante
Com a chegada das férias escolares, as crianças passam mais tempo dentro de casa e, por conta disso, é comum o aumento no número de acidentes domésticos.
A criança não tem conhecimento do perigo. Cabe aos responsáveis, pais, babás e professores, zelar por sua segurança. Elas nunca devem ficar sozinhas em casa e precisam estar sob constante vigilância de um adulto.
Qualquer equipamento ou objeto de decoração pode se tornar um risco para os pequenos.

Riscos
Os acidentes domésticos figuram entre as principais causas de morte na infância, além de serem a origem de invalidez em inúmeras crianças.
De acordo com o Ministério da Saúde, os principais acidentes são as quedas, seguidas por envenenamentos, sufocamentos e afogamentos.

Como prevenir ocorrências
  • Proteja as janelas com grades ou telas e evite deixar objetos como cadeiras e móveis próximos a elas.

  • Fique atento quando estiver manipulando o fogão. As crianças devem ficar afastadas e as panelas ou vasilhas quentes devem ficar fora do alcance dos pequenos, com os cabos virados para dentro do fogão.

  • Todo cuidado com material de limpeza é pouco. Tranque os armários ou coloque os produtos fora do alcance das crianças, pois a ingestão leva a intoxicações, desde as leves até as mais severas.
   
  • As mesmas precauções deve ser adotadas com os remédios.
 
  • Tomadas podem causar choques elétricos, por isso, devem ser cobertas.
   
  • Para evitar quedas, não dê acesso a escadas, retire tapetes e evite colchas e pisos escorregadios.

  • Atenção ás cortinas, pois há risco de enforcamento com alças e puxadores.


  • No verão aumentam os números de afogamento. As crianças nunca devem ficar sozinhas em piscinas ou banheiras.



  • Os brinquedos também podem oferecer riscos. Confira nas embalagens o selo do Inmetro e a idade indicada. Peças pequenas podem ser engolidas, principalmente por bebês dos 7 aos 12 meses, que levam tudo á boca.
 
   
Em caso de acidente procure imediatamente atendimento médico.
Fonte: redacao@tribunademinas.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário